Mercado aéreo no Brasil cresceu 19,54% no mês de junho

Mercado aéreo no Brasil cresceu 19,54% no mês de junho

TAM manteve a liderança no mês com 41,68% do mercado interno

O grupo TAM (que compreende TAM e Pantanal) manteve a liderança no mercado aéreo doméstico em junho, com 41,68%, informou nesta terça-feira a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A Gol/Varig ficou em segundo lugar, com 37,13% de market share contra 35,39% no mês anterior. As participações da Gol e da Webjet juntas, entretanto, representaram 42,64% da demanda, superando o mercado da TAM.

Segundo o relatório da Anac, a Azul teve 8,61% do mercado em junho, a Webjet , 5,51%, a Trip possui 3,24% e a Avianca, 2,94%.

No dia 8 de julho, a Gol anunciou acordo para comprar a Webjet em negócio de R$ 311 milhões. A aquisição está sujeita, entre outras condições, à realização de auditoria nas atividades e ativos da WebJet, e às aprovações das autoridades governamentais. Até a conclusão da venda, as operações das duas empresas seguirão de forma independente, sem previsão de mudanças estruturais ou de gestão.

Em maio, a soma do market share da Gol e da Webjet (40,55%) tinha sido menor do que a participação da TAM (44,43%) no mercado doméstico. No acumulado do semestre, entretanto, Gol e Webjet somam 42,89% (37,47% e 5,42%, respectivamente) do mercado doméstico, contra 42,67% da TAM.

Nas rotas internacionais operadas por empresas brasileiras, a TAM ampliou a liderança no setor e chegou a 90,57% do mercado em junho, segundo o relatório da Anac. A Gol/Varig possui 8,18% e a Avianca 1,25%.

Mercado doméstico cresce 19,54%

O tráfego aéreo de passageiros no Brasil cresceu 19,54% em junho, na comparação com o mesmo período do ano passado, enquanto a oferta subiu 12,48%, informou a Anac. A taxa de ocupação dos voos no mercado doméstico atingiu 68,10%, contra 64,09% em junho de 2010. Em maio, a ocupação média tinha sido de 67,09%.

Já a demanda nos voos internacionais operados por empresas brasileiras cresceu 7,72% em relação a junho do ano passado. No mesmo período, a oferta de assentos aumentou 4,92%. A taxa de ocupação atingiu a marca de 77,66%.

Alta de 21,39% no semestre

No semestre, a procura por voos no mercado aéreo doméstico cresceu 21,39% em relação ao período de janeiro a junho do ano passado. A oferta aumentou 14,59% e a taxa de ocupação passou de 67,10% para 71,08%. Já nos voos internacionais operados por empresas brasileiras a demanda aumentou 18,95% em relação ao ano passado, enquanto a oferta cresceu 13,14%. A taxa de ocupação passou de 74,29% para 78,11%.

Fonte: G1