Mercado de trabalho: Construção gera novos empregos em abril no Piauí

Mercado de trabalho: Construção gera novos empregos em abril no Piauí

O setor de Serviços também aumentou a admissão de pessoal. O Estado apresenta saldo positivo no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged)

Os setores de serviços e construção civil foram os que mais geraram empregos com carteira assinada, no Piauí, no mês de abril deste ano, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, divulgados no fim de semana, em Brasília.

Foram criados no Estado 1.324 novos empregos, dos quais 1.308 nos setores de serviço e construção civil, que apresentaram crescimento de 0,86% e 1,30%, respectivamente. Também apresentaram resultados positivos os setores de extrativa mineral e comércio.

A construção civil, setor que mais cresceu em abril, contratou 2.802 empregados e demitiu 2.345, apresentando um saldo positivo de 457 novos postos de trabalho. O setor de serviços contratou 3.022 e demitiu 2.171. Já, o comércio contratou 2.153 e demitiu 2.133.

Nos oito setores pesquisados, foram contratados em abril 9.247 empregados e demitidos 7.923, com um saldo positivo de 1.324 novos postos de trabalho.

Os setores pesquisados foram os de extrativa mineral, indústria de transformação, serviço industrial de utilidade pública, comércio, serviços, administração pública e agropecuária.

Em abril, o Piauí apresentou um crescimento de 0,49% no nível de emprego com carteira assinada. Nos quatro primeiros meses do ano, o crescimento foi de 0,46% e no período de 12 meses, 3,05%. Na região Nordeste, o nível de emprego caiu 0,03%.

Fonte: Jornal Meio Norte