Mercado reduz possível crescimento do PIB brasileiro pela 9ª semana; veja

Os economistas também reduziram ligeiramente a perspectiva de inflação para 2013

Os analistas do mercado financeiro consultados semanalmente pelo Banco Central (BC) reduziram pela 9ª semana consecutiva a previsão de crescimento da economia brasileira em 2013. Na semana passada, a projeção era de alta do Produto Interno Bruto (PIB, a soma de todas as riquezas produzidas no País) era de 2,34%, e passou para 2,31% na previsão divulgada nesta segunda-feira. Não houve mudança na estimativa de alta para 2014, que se manteve em 2,8%.

Os economistas também reduziram ligeiramente a perspectiva de inflação para 2013, que passou de 5,81% na semana passada para 5,8% nesta segunda. A expectativa de mercado é inferior à previsão oficial, que é de 6%, segundo o BC. Para 2014 também não houve mudança na projeção, que se manteve em 5,9%. A meta oficial é de 4,5%, com intervalo de tolerância que vai de 2,5% a 6,5%.

Já a previsão para a taxa básica de juros, a Selic, se manteve em 9,25% em 2013, uma aposta do mercado de que o Comitê de Política Monetária (Copom) deve aumentar o percentual até o final do ano. Na semana passada, o Copom aumentou a Selic para 8,5% ao ano.

Fonte: Terra