Meta do governo brasileiro é de aumentar as exportações em cerca de  R$ 306,5 bilhões

Meta do governo brasileiro é de aumentar as exportações em cerca de R$ 306,5 bilhões

As vendas de produtos brasileiros para o exterior tendem a trazer recursos estrangeiros para o país e a gerar mais empregos

O governo avalia que as empresas vão vender mais produtos para o exterior do que se esperava. Por conta disso, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior anunciou nesta terça-feira (1) que aumentou a meta de exportações do país neste ano: de R$ 306,5 bilhões para R$ 328,4 bilhões (US$ 168 bilhões para US$ 180 bilhões).

O secretário de Comércio Exterior do ministério, Welber Barral, disse que a revisão é justificada pela tendência demonstrada nos cinco primeiros meses de 2010.

De janeiro a maio, as vendas de produtos brasileiros ao exterior somaram R$ 131,5 bilhões (US$ 72,093 bilhões), enquanto as compras foram de R$ 121,3 bilhões (US$ 66,476 bilhões). Ou seja, no final das contas, no comércio do Brasil com os outros países, mais entrou dinheiro no país do que saiu. O resultado foi um saldo positivo de R$ 10,24 bilhões (US$ 5,617 bilhões) no período.

A balança comercial é representada por tudo que o Brasil exporta (vende a outros países) e importa (compra dos mercados externos). E o saldo da balança comercial é a diferença de tudo que foi vendido e comprado pelo país. Esse resultado pode ser positivo - quando o Brasil mais vende para os outros países de que compra - ou negativo - quando as exportações ficam menores do que as importações.

As vendas de produtos brasileiros para o exterior tendem a trazer recursos estrangeiros para o país e a gerar mais empregos, pois estimulam a produção e contratações de pessoas para atender a demanda dos mercados externos.

Já as importações, embora estimulem a concorrência com os produtos fabricados no Brasil e ajudem a melhorar os preços para o consumidor, tendem a prejudicar a indústria doméstica, o que pode causar reflexo negativo na economia e no mercado de trabalho.

O secretário explicou que houve aumento na quantidade de produtos exportados no começo deste ano, mas também elevação dos preços de commodities ? produtos como minério de ferro, petróleo e soja em grão. Isso significa que além de vender mais, o país também aumentou a receita, porque os produtos ficaram mais caros no mercado internacional.

Fonte: R7, www.r7.com