Milhares de dados bancários suíços são apreendidos em porto alemão

Dois contêineres com 14 mil relatórios bancários foram apreendidos

Dois contêineres com 14 mil relatórios bancários suíços, incluindo dados de contas nas Ilhas Cayman, foram apreendidos pelas autoridades alfandegária no porto de Hamburgo (norte da Alemanha), informou o jornal "Welt am Sonntag".

Mais de mil caixas com o que parecem ser dados de contas offshore de fraudadores fiscais alemãs foram descobertas no final de maio, segundo a mesma fonte. Parte dos documentos procede da filial das Ilhas Caimã do banco suíço Coutts, por sua vez filial do Royal Bank of Scotland.

Estes dois contêineres se dirigiam a Genebra. Segundo a revista Focus, diversos documentos sobre a família saudita de Osama Bin Laden também foram apreendidos.

Em Berlim, o ministério das Finanças, indagado pelo Welt am Sonntag, indicou que este caso estava relacionado com uma investigação aberta pela procuradoria de üsseldorf (oeste) junto com os serviços fiscais do Estado regional da Renânia do Norte-Westfália. Este Land comprou em 2012 cds de dados sobre alemães suspeitos de terem fraudado a receita através de bancos suíços.

Fonte: G1