Montadoras japonesas cessam produção após terremoto

Montadoras japonesas cessam produção após terremoto

A Honda também interrompeu pelo menos duas linhas de montagem após os primeiros sinais do tremor

Depois do terremoto de magnitude 8.9 que atingiu a costa norte do Japão nesta sexta-feira (11), as grandes montadoras japonesas Toyota, Honda e Nissan foram obrigadas a suspender as atividades nas fábricas do país, o que deverá afetar as exportações, principalmente nos Estados Unidos.

A Toyota informou ter evacuado as fábricas próximas ao local do tremor. Parte importante da produção da montadora está situada na região norte do Japão, local onde a Toyota tem intenção de montar uma grande linha de produção de carros compactos. Os fornecedores de componentes e peças da marca também foram afetados pelo desastre.

A Honda também interrompeu pelo menos duas linhas de montagem após os primeiros sinais do tremor. Em uma fábrica da Honda, uma pessoa morreu e 30 ficaram feridas, depois da queda do muro do refeitório do local.

Por fim, a Nissan também interrompeu as operações nas fábricas de todo o Japão oriental. A montadora informou a ocorrência de pequenos incêndios em duas fábricas, uma delas , inclusive, produz o sedã Infiniti M e o esportivo GT-R. A empresa informou que os focos de incêndio já foram extintos.

A Nissan ainda informou que as fábricas devem permanecer fechadas até o fim de semana, para que a empresa possa avaliar os prejuízos ocasionados pelo terremoto.

Fonte: Globo, www.globo.com