Movimento é estável na segunda quinzena de junho, diz pesquisa de preços JMN

Movimento é estável na segunda quinzena de junho, diz pesquisa de preços JMN

Depois do feriado de Corpus Christi, a circulação de consumidores nos supermercados e atacados voltou ao normal

Os supermercados em Teresina têm registrado um movimento normal em relação às primeiras semanas do mês, e após o feriado de Corpus Christi voltou a ter a circulação de consumidores de forma mais natural.

Apesar disso, a dica é que o consumidor não relaxe na hora de garantir bons preços e não deixe de pesquisar. Atentar para a qualidade dos produtos, em especial os mais perecíveis como carnes, laticínios, frutas e verduras é fundamental.

Nesta semana, os preços dos produtos pesquisados se mantiveram estáveis registrando uma variação nas frutas e legumes em alguns estabelecimentos. Ponto que pode ter sido culminante para o desempenho da pesquisa desta semana e posicionamento no ranking.

Dentre os supermercados que se destacaram por oferecer os menores preços está o Extra, em primeiro lugar com total de R$ 323,05. Em segundo lugar em economia ficou o Hiper Bompreço com um total de R$ 345,36.

Já o supermercado que se mostrou em terceiro lugar como vantajoso para o bolso do consumidor foi o Pão de Açúcar, R$ 349,75. O Comercial Carvalho obteve o total de R$ 353,10 para os itens pesquisados.

ATACADOS - A corrida pelo menor preço continua e quem assume a liderança é o Atacadão Carrefour, totalizando R$ 90,80, o supermercado aparece como o mais vantajoso para compras no atacado. Dos 43 itens pesquisados, o Atacadão Carrefour oferece os melhores preços em 23 produtos.

Descendo uma colocação, o Makro, que foi líder na semana passada, aparece como a segunda melhor opção de compras, totalizando R$ 91,98. O supermercado assume a vice colocação com onze produtos mais baratos. Em penúltima colocação está o Maxxi, somando R$ 93,26.

O último colocado mostra uma situação totalmente contrária ao primeiro, somando R$ 101,23, o Carvalho Mercadão apresenta o preço elevado em dezessete itens, dentre eles o creme dental, sabão em pó, feijão carioca e o amido de milho, sendo que a diferença de preço do amido de milho mais barato é de R$1,18.

Nos atacados pesquisados mais uma vez foi constatada a desorganização nos preços dos produtos. Em algumas prateleiras tinha o produto, mas sem o preço, e como os valores não se encontram na gôndola, o consumidor perde mais tempo tentando descobrir o preço do produto.


Movimento é estável na segunda quinzena de junho, diz pesquisa de preços Jornal Meio Norte

Movimento é estável na segunda quinzena de junho, diz pesquisa de preços Jornal Meio Norte

Movimento é estável na segunda quinzena de junho, diz pesquisa de preços Jornal Meio Norte

Movimento é estável na segunda quinzena de junho, diz pesquisa de preços Jornal Meio Norte

Movimento é estável na segunda quinzena de junho, diz pesquisa de preços Jornal Meio Norte

Movimento é estável na segunda quinzena de junho, diz pesquisa de preços Jornal Meio Norte

Fonte: MARCILANY RODRIGUES E GISELE ALVES