Mudança de tipo de tributação no IR só pode ser feita até esta terça

Mudança de tipo de tributação no IR só pode ser feita até esta terça

Depois do dia 30, não é mais possível mudar entre simples e completa.

Quem já entregou a declaração de IR, mas se deu conta de que escolheu o regime de tributação errado, ainda tem um dia para mudar do completo para o simplificado ou vice-versa. Até terça-feira (30) ? quando termina o prazo para entrega da declaração ?, isso pode ser feito por meio da retificadora.

"Após este prazo não poderá mudar este método. Poderá até retificar outros dados mas não a forma da declaração que reflete diretamente na forma de tributação", explicou Edson Lopes, especialista em gestão tributária e fiscal da Alterdata.

Sérgio Vidal, coordenador do curso de Ciências Contábeis da UniCarioca, explica que é possível fazer a alteração para simplificada ou para a que respeite os descontos legais até o término e gravação da declaração.

A alteração na forma como o imposto vai ser cobrado pode valer a pena para quem entregou a declaração sem algum rendimento ou gasto dedutível ou escolheu a opção de tributação menos vantajosa. Muitos contribuintes optam pelo regime simplificado e depois lembram que tiveram despesas ou rendimentos.

Mas nem todos os esquecimentos vão fazer com que seja melhor trocar de regime. Omissões de compra de bens, por exemplo, não alteram o regime de tributação. Em situações como essa, a retificação pode ser feita depois do dia 30 de abril. A partir de 1º de maio (e por um prazo de cinco anos) continua sendo possível retificar a declaração, mas mudar de regime já não é.

A orientação de especialistas é ter certeza de que tudo o que era possível e necessário na declaração foi informado. É preciso ficar atento a tudo o que foi pago ou recebido em 2012 para preencher a declaração. Revisar e-mails, talões de cheques e fazer uma lista das fontes de rendimento e os gastos dedutíveis que teve no ano passado ajuda o contribuinte a fazer a declaração sem erros.

Como retificar

A retificação deve ser feita no próprio programa em que foi elaborada a declaração original. Para indicar que se trata se de uma declaração retificadora, deve-se responder "sim" à pergunta "Esta declaração é retificadora?" e informar o número do recibo da declaração a ser retificada.

Na hora de pagar as restituições, a Receita considera como data de entrega da declaração a do envio da retificadora, e não a data de apresentação da declaração original.

Fonte: G1