Multinacional Sony planeja demitir 8 mil funcionários

A Sony prevê ainda o fechamento de 10% das fábricas de produção

A multinacional japonesa Sony anunciou nesta terça-feira (9) um plano de reestruturação para amenizar os efeitos da crise que prevê a redução de investimentos e a demissão de 8 mil funcionários - de um total de 160 mil empregados.

O comunicado saiu no mesmo dia que em o Japão, a segunda maior economia do mundo, divulgou a revisão do PIB do terceiro trimestre , que encolheu mais do que o esperado.

A Sony prevê ainda o fechamento de 10% das fábricas de produção e uma redução de 30% dos investimentos previstos, especialmente no que diz respeito aos aparelhos e componentes eletrônicos.

Com estas medidas, a Sony pretende economizar US$ 1,05 bilhão de dólares. A queda da demanda e a valorização do iene afetam as vendas da Sony.

"Estas iniciativas são a resposta aos imprevistos e às rápidas mudanças no cenário econômico global", justifica a empresa em um comunicado.

Fonte: g1, www.g1.com.br