No período da Páscoa, pesquisa mostra que Salvador é a cidade mais "chocólatra" do país

O resultado da capital baiana ficou acima da média brasileira, de 68%.

Uma pesquisa divulgada nesta terça-feira (7) pelo instituto Ibope mapeou o mercado de chocolate no país e constatou que o maior consumo está em Salvador, na Bahia, que pode ser classificada como a cidade mais "chocólatra" do país. Na capital baiana, 75% das pessoas ouvidas no levantamento disseram ter consumido chocolate nos últimos sete dias.

O resultado da capital baiana ficou acima da média brasileira, de 68%. O levantamento mostra que o consumo de chocolate vem crescendo no país. Em 1999, em média, 57% dos brasileiros afirmavam ter comido chocolate nos últimos sete dias - uma alta de 11 pontos percentuais, ou mais de 19%, em nove anos (o Ibope concluiu as entrevistas sobre o tema em julho de 2008).

Acima da média nacional também estão cidades como São Paulo, Belo Horizonte e Fortaleza (todas com 72% de respostas positivas), Brasília (71%) e Porto Alegre (70%). Abaixo da média brasileira de consumo estão o Rio de Janeiro, com 65% de respostas positivas, e o interior das regiões Sul e Sudeste, com 64%.

Sexo e renda

As mulheres representam 55% dos consumidores de chocolate no Brasil. O consumo regular também é maior entre o sexo feminino: 72% das mulheres entrevistadas disseram ter comido chocolate na última semana, enquanto a taxa entre os homens era de 64%.

Entre as faixas de renda, o Ibope mostra que classe C domina o consumo do produto no país. Entre os que consumiram chocolate nos últimos sete dias, de acordo com o instituto, 35% estão nas classes A e B, 44% na classe C e o restante nas faixas D e E.

De acordo com a pesquisa, o investimento em publicidade relacionado a chocolates cresceu mais de 40% entre 2007 e 2008, passando de R$ 83,3 milhões para R$ 118,5 milhões de um ano para o outro.

Fonte: g1, www.g1.com.br