Número de famílias brasileiras endividadas aumenta em maio

A pesquisa aponta ainda que a quantidade de famílias com contas em atraso caiu para 23,2% em junho.

O percentual de famílias endividadas no Brasil aumentou para 57,3% em junho, ante 55,9% em maio, segundo pesquisa divulgada nesta quarta-feira pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Contudo, o patamar é menor do que o observado no mesmo mês do ano passado, quando 64,1% das famílias haviam declarado ter dívidas.

Apesar da alta mensal, a pesquisa aponta que a quantidade de famílias com contas em atraso caiu para 23,2% em junho, ante 23,6% em maio. Já o percentual de famílias que declararam não ter condições para pagar as dívidas recuou de 7,8% em maio para 7,5% em junho.

De acordo com a CNC, o cartão de crédito foi apontado como principal motivo da dívida das famílias, com 74,8%, seguido por carnês, com 19,7% e crédito pessoal, com 10,4%.

Fonte: Terra