Oferta de empregos deve dobrar em 2010

O dado é medido o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged)

 Em 2010, o Brasil terá capacidade para gerar cerca de 2 milhões de postos de trabalho, disse nesta sexta-feira o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi. Segundo ele, se esse número se concretizar, significará praticamente o dobro do total de empregos gerados neste ano. Para novembro, Lupi espera novo recorde mensal, com a criação de mais 140 mil empregos formais.

O dado é medido o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). De acordo com as projeções do ministro, o Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todas os bens e serviços produzidos no País, pode atingir crescimento entre 7% e 8% no ano que vem, acima, portanto, das previsões do mercado que apontam aumento de 5%.

 

"Ao contrário dos pessimistas, eu sou um otimista nato", afirmou o ministro, logo após participar da cerimônia de lançamento de uma linha de crédito para motoboys, na sede do sindicato da categoria, no bairro de Santa Cecília, região central da cidade.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br