Organização é prioridade às vésperas do Natal

Organização é prioridade às vésperas do Natal

O Natal se aproxima e a desorganização nas prateleiras, constatada nos atacados da cidade nas últimas semanas, diminuiu.

O Maxxi voltou a oferecer preços muito atrativos focando especificamente nos itens da pesquisa MN e, com isso, ficou novamente em primeiro lugar com uma soma de R$ 97,97. Poucos centavos depois aparece o Atacadão Carrefour, que somou R$ 98,62 nesta edição. O Makro aparece em terceiro, com R$ 101,36, e o Carvalho Mercadão ficou na quarta colocação, apenas R$ 0,49 atrás do Makro, concretizando a soma de R$ 101,85.

Quase nada mudou em relação aos preços. No geral, a desorganização dos atacadistas, tão percebida durante as últimas edições do levantamento, diminuiu ? o que fez com que os consumidores tivessem mais tranquilidade para fazer as comprar e abastecer as mercearias e mercadinhos para os dias de Natal e Ano Novo. Um item novo aparece na pesquisa ? o Panettone Bauducco, que só não havia sido incluído antes porque não vinha sendo encontrado em todos os estabelecimentos.

A metodologia da pesquisa anota os produtos mais baratos nos itens sem marca definida na tabela (exemplos: Água sanitária, flocão de milho, feijão carioca) e procura pela marca em produtos cuja marca aparece especificada (a exemplo do leite Itambé). Ou seja, quem tem mais variedade de produtos acaba levando vantagem. Esse critério foi introduzido com o objetivo de contemplar os consumidores que sempre optam pelos itens mais em conta.

Em alguns casos, aparece uma marca específica, mas diante da falta dela, considera-se uma alternativa similar, para não penalizar tanto a soma final (que já é prejudicada pela falta de produtos elementares em vários dos atacadistas).

No caso do arroz tipo 1, é considerado em cada estabelecimento o mais barato dentre as marcas mais populares entre os consumidores.



SUPERMERCADOS - Os supermercados da capital já registram uma movimentação intensa de consumidores que realizam as compras para as ceias e comemorações em família em torno do Natal e das confraternizações típicas dessa época do ano. A variedade de itens sazonais continua intensa e a diversificação do mix de produtos nos supermercados, tanto em itens, quanto em relação às marcas, é uma estratégia das grandes redes para garantir a preferência dos clientes.

Em relação aos preços, a pesquisa que avalia a diferença de um estabelecimento para o outro mostrou um equilíbrio nesta semana, com uma pequena diferença entre o primeiro e o segundo colococado em relação aos 50 produtos pesquisados. O supermercado que teve um melhor desempenho de preços nesta semana foi o Extra, com total de R$ 313,61 repetindo o bom desempenho registrado na semana anterior.

Logo em seguida, com uma diferença de apenas R$ 0,03 centavos ficou o Hiper Bompreço (R$ 313,64). O Pão de Açúcar ocupou a terceira posição com total de R$ 328,76, já o supermercado que mostrou pior desempenho em termos de economia foi o Comercial Carvalho com um total de R$ 343,08 tendo os preços mais caros destacados em vermelho.







Fonte: Marcilany Rodrigues e Dowglas Lima