Pão de Açúcar foi notificado sobre pedido de arbitragem

Casino abriu pedidos de arbitragem contra Abilio Diniz.

O Grupo Pão de Açúcar informou nesta sexta-feira (8) ter recebido correspondência sobre pedido de arbitragem feito pelo sócio francês da companhia Casino.

Segundo comunicado ao mercado, a notificação foi encaminhada pela Corte Internacional de Arbitragem da Câmara de Comércio Internacional e a Companhia Brasileira de Distribuição (CBD) foi incluída como um dos requeridos.

"Os termos da arbitragem estão submetidos a obrigações de confidencialidade", afirmou o Pão de Açúcar, no comunicado. "A CBD manterá seus acionistas e o mercado informados acerca de quaisquer desdobramentos relevantes", completou.

O Casino, que divide o controle do Pão de Açúcar com o empresário Abilio Diniz por meio da holding Wilkes, abriu dois pedidos de arbitragem contra Diniz, acusando-o de negociar com o seu arquirrival francês Carrefour sem seu consentimento.

Por meio de comunicado, o Casino afirmou que abriu o pedido "para garantir o respeito dos procedimentos estabelecidos pelo acordo de acionistas de 27 de novembro de 2006" na CBD.

O grupo francês é o principal rival do Carrefour na França e critica o fato de Abilio Diniz ter iniciado negociações sem ser comunicado. O Casino destaca que comprou em 2005 o direito a ter o controle do Pão de Açúcar a partir de 2012 e afirma que "não abrirá mão deste direito".

A proposta de fusão dos ativos brasileiros do Carrefour com os da CBD foi apresentada no dia 27 de junho pela empresa brasileira Gama, que pertence ao fundo BTG Pactual, do investidor André Esteves, com o apoio financeiro do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Fonte: g1, www.g1.com.br