Paraguai também investiga causas do apagão no Brasil

O ministério de Minas e Energia do Brasil afirma agora que o blecaute foi provocado por um "curto-circuito"

 As autoridades paraguaias também investigam as causas do apagão que afetou o Brasil na semana passada, e analisam medidas de emergência diante da possibilidade de um novo blecaute, informaram funcionários paraguaios nesta terça-feira.

O ministro das Relações Exteriores do Paraguai, Héctor Lacognata, convocou para amanhã uma reunião dos membros de uma comissão especial criada para investigar as causas do apagão, que em 10 de novembro passado afetou quase todo o Paraguai e boa parte do Brasil, revelou um funcionário da chancelaria.

O ministério de Minas e Energia do Brasil afirma agora que o blecaute foi provocado por um "curto-circuito" na subestação de Itaberá, no estado de São Paulo, o que provocou a queda em três linhas de alta tensão que partem de Itaipu, derrubando todo o sistema. O incidente se soma às críticas da imprensa e da oposição paraguaias aos exercícios militares que o Brasil fará em breve na região da fronteira comum, simulando, inclusive, a ocupação da hidrelétrica.

José López Chávez, presidente da comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados, denunciou que a chancelaria ignora a realização das manobras e seus motivos: "Não sabem absolutamente nada. Vão esperar que as coisas aconteçam, que o país seja invadido, que violem nossa soberania, para só depois exigir explicações".

Fonte: g1, www.g1.com.br