Participação externa na Bovespa atinge máxima desde 2007

Até 25 de agosto, mais US$ 2,84 bilhões entraram no mercado acionário

Com a abertura de capital da Visanet, que aconteceu no início de julho, o ingresso de recursos no país para a compra de ações somou US$ 6,69 bilhões em todo mês passado, informou o Banco Central nesta terça-feira (25).

Esse é o maior ingresso desde dezembro de 2007 (+US$ 7,49 bilhões). Segundo o chefe do Departamento Econômico da instituição, Altamir Lopes, somente a operação da Visanet trouxe US$ 2,5 bilhões ao mercado acionário brasileiro em julho. Na parcial de agosto, até hoje (dia 25), mais US$ 2,84 bilhões ingressaram na economia brasileira para a compra de ações.

Renda fixa

O Banco Central informou ainda que os estrangeiros reduziram um pouco, entretanto, suas aplicações em renda fixa no país. Em julho, o montante aplicado foi de US$ 921 milhões, contra US$ 1,7 bilhão em junho. A entrada de recursos para a compra de ações, ou para renda fixa (títulos públicos, CDB"s, etc), contribui para a queda do dólar frente ao real. Fluxo cambial Segundo o BC, o fluxo cambial, que contabiliza todas as operações de câmbio, registrou o ingresso de US$ 1,25 bilhão no país em agosto, até a última sexta-feira (21), informou a instituição. Neste período, as operações comerciais resultaram na saída de US$ 131 milhões (US$ 7,63 bilhões de exportações e US$ 7,76 bilhões de importações), enquanto as operações financeiras trouxeram para o país US$ 1,38 bilhão.

Fonte: g1, www.g1.com.br