Interestadual e internacional: Passagens sofrem reajuste de 2,7%

O reajuste desagradou os passageiros, que reclamam da má qualidade do serviço.

Quem já está de malas prontas para viajar e aproveitar as férias deverá rever seu orçamento, principalmente aquela quantia dedicada à compra das passagens, caso sua opção seja via terrestre. As passagens de ônibus interestaduais e internacionais de passageiros que percorrem mais de 75 quilômetros foram reajustadas em 2,7% e os novos valores já estão em vigor desde domingo.

Segundo Leonardo Alves, encarregado de vendas de uma empresa que faz linha para cidades como Fortaleza, no Ceará, e São Luís, no Maranhão, dois dos destinos interestaduais mais procurados pelos tere-sinenses nesse período, conta que o reajuste está acontecendo aos poucos.

?Em alguns percursos nós temos a liberdade de flexibilizar o valor das passagens, com promoções e preços mais baixos, já outros têm o valor fechado. Diante disso, nós estamos analisando quais serão os reajustes melhores para a empresa e para o cliente?, disse.

O aumento foi autorizado na última quarta-feira (27) pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). O reajuste não será aplicado ao transporte rodoviário interestadual e internacional semiurbano de passageiros, com distância até 75 quilômetros. De acordo com a ANTT, os reajustes das tarifas de ônibus interestaduais são calculados com base em custos da operação do serviço, como combustíveis, lubrificantes, peças e acessórios e pagamento de funcionários.

Janaína Miranda, que já está com uma viagem programada neste mês, para Pernambuco, conta que esperava o aumento, mas confessa que esses reajustes não a agradam muito, principalmente pelo fato de os serviços oferecidos pelas empresas deixarem a desejar. ?Eu sempre viajo no mês de dezembro e no mês de julho e sempre tem estes aumentos, no entanto, a qualidade dos serviços não acompanha o valor do reajuste?, reclama.

Segundo a cliente, as passagens já são muito caras e não é necessário que haja reajustes com tanta frequência.

?Ainda não procurei saber o atual valor das passagens, sei que subiu e isso revolta, pois os serviços oferecidos são péssimos. Já cheguei a viajar em um ônibus com uma goteira em cima de mim?, pontuou.

Fonte: Pollyanna Carvalho