Brasileiro paga mais tributos sobre energia e restaurante

A tributação em roupas infantis (27,2%) também é a maior dentre os países e o Brasil conta com a segunda maior tributação em vinhos (44,3%)

O Brasil é segundo país que mais paga tributos sobre o preço final de uma lista de 16 itens de consumo, de acordo com pesquisa realizada em 22 países pela empresa de auditoria e contabilidade britânica UHY publicada no jornal Folha de S.Paulo nesta sexta-feira. Os tributos no País chegam a 28,7% do preço da cesta de produtos, enquanto a média mundial é de 13,8%. Em primeiro lugar aparece a Índia, com 38%.

O levantamento analisou o valor dos tributos indiretos como Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), PIS/Cofins e Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) de cerca de 16 produtos e concluiu que eles custam 42,2% do preço final do iPad, 27,3% do valor da conta de energia elétrica e 27,2% do preço de uma refeição. A tributação em roupas infantis (27,2%) também é a maior dentre os países e o Brasil conta com a segunda maior tributação em vinhos (44,3%).

Fonte: Terra