Petrobras busca R$ 28,9 bilhões no mercado até 2014

Dinheiro será captado para amortizar dívidas da estatal

A Petrobras vai buscar no mercado financeiro US$ 17 bilhões (R$ 28,9 bilhões) até 2014 para cumprir seus investimentos, disse nesta sexta-feira (18) o diretor financeiro da estatal, Almir Barbassa.

O executivo participou nesta sexta-feira do Encontro Brasil-Noruega, promovido pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para incentivar o intercâmbio entre os dois países e o desenvolvimento de novos negócios.

De acordo com Barbassa, o próprio banco e os investidores noruegueses que participaram do encontro são alvos da companhia na busca por estes recursos.

- Estamos fazendo grandes investimentos, mas teremos incremento significativo na geração de caixa até 2020.

Ele afirmou que os R$ 28,9 bilhões são apenas uma parte dos recursos necessários para os investimentos. Segundo o executivo, a Petrobras precisa de um total de US$ 96 bilhões (cerca de R$ 163,2 bilhões) para fazer frente aos investimentos programados para até 2014.

Do total, US$ 50 bilhões (R$ 85 bilhões) já foram cobertos com emissão de ações e recentes captações feitas junto a instituições financeiras nacionais e estrangeiras.

Restam, portanto, US$ 46 bilhões (cerca de R$ 78,2 bilhões) a serem captados, sendo US$ 29 bilhões (cerca de R$ 49,3 bilhões) para amortizar dívidas.

Conforme o plano de investimentos da companhia, divulgado no ano passado e que está passando por revisão, serão investidos US$ 224 bilhões (R$ 380 bilhões) até 2014. Com a dívida que precisa ser amortizada, o total sobe para US$ 262 bilhões (cerca de R$ 445,4 bilhões).

Destes, US$ 155 bilhões (cerca de R$ 263,5 bilhões) deverão ser gerados em caixa após pagamento de dividendos. Faltam, portanto, US$ 107 bilhões (cerca de R$ 181 bilhões) . A empresa conseguiu gerar no ano passado US$ 11 bilhões (R$ 18,7 bilhões) a mais. Com isso, a companhia chega à necessidade de caixa de US$ 96 bilhões (cerca de R$ 163,2 bilhões).

Fonte: R7, www.r7.com