Petrobras confirma potencial de poço Pão de Açúcar, em Campos

Operadora Repsol fala em "uma das maiores reservas do mundo em 2012".

A Petrobras informou nesta quinta-feira (24) que a descoberta de nova acumulação de hidrocarbonetos em poço na bacia de Campos indica volumes recuperáveis de cerca de 1,2 bilhão de barris de óleo equivalente (petróleo e gás), confirmando anúncio feito mais cedo pelo operador do bloco, a espanhola Repsol.

Segundo a Petrobras, a perfuração no poço 1-REPF-12D-RJS, conhecido como Pão de Açúcar, apontou para "uma estimativa de volumes recuperáveis acima de 700 milhões de barris de óleo de boa qualidade e 3 trilhões de pés cúbicos (545 milhões de barris de óleo equivalente) de gás na concessão BM-C-33".

Para ter uma ideia do tamanho, o Campo de Lula, que fica na Bacia de Santos e é o maior do Brasil, tem volume recuperável de 6,5 bilhões de barris de óleo equivalente.

O poço está entre os municípios de Campos e Macaé, a 195 quilômetros da costa do estado do Rio de Janeiro, e foi perfurado a uma profundidade (lâmina d"água) de cerca de 2.800 metros. A coluna total de hidrocarboneto identificada tem cerca de 500 metros de espessura, segundo a estatal.

Descoberta expressiva

Mais cedo, a Repsol e a Statoil anunciaram o potencial do bloco . A petrolífera espanhola afirmou que trata-se de "uma das maiores reservas do mundo em 2012".


Petrobras confirma potencial de poço Pão de Açúcar, em Campos

A petrolífera norueguesa Statoil também declarou que vê mais oportunidades perto do bloco. "Vemos outras oportunidades próximas", afirmou Tim Dodson, chefe de exploração da Statoil em entrevista à agência de notícias Reuters.

A concessão é operada pela Repsol Sinopec Brasil, que tem 35% de participação em consórcio que inclui a Statoil (35%) e a Petrobras (30%).

"O consórcio está preparando um plano de avaliação para a apresentação à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP)", informou a Petrobras.

Fonte: G1