Reserva de ações da Petrobras termina hoje

Interessados poderão ainda usar a grana do FGTS na capitalização

Termina nesta quinta-feira (16) o prazo de reserva de ações para quem já é acionista da Petrobras e deseja ampliar os investimentos. Quem vai usar a grana do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) na capitalização também tem até hoje para pedir a reserva. Já o investidor que vai comprar ação da estatal pela primeira vez tem até o dia 22 de setembro para fazer o pedido de reserva. Somente 89 mil pessoas que compraram ações em 2000 com a grana do fundo, e não venderam nenhum papel ao longo desse período, poderão exercer esse direito. Quem estiver nessa condição deve procurar uma corretora de valores, que é a instituição que negocia a compra e venda de ações da Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo). Se possível, vá até a corretora onde você comprou os papéis da primeira vez e preencha o pedido de reserva de oferta prioritária para atuais acionistas Pelas regras, 80% das ações ofertadas serão destinadas aos atuais acionistas e 20% para novos. Caso não consiga preencher esse percentual de novatos, as ações serão distribuídas aos investidores antigos, o que pode ocasionar em uma “sobra” de ações. O dinheiro que o trabalhador usou do FGTS para a compra de ações da Petrobras em 2000 rendeu 624,32% ao longo dos dez anos, enquanto que a grana que ficou parada no fundo teve rendimento de 65,06% no mesmo período, segundo cálculo elaborado pelo Instituto FGTS Fácil. Isso significa que se o trabalhador investiu R$ 100 do FGTS em ações da petrolífera em 2000, hoje ele tem R$ 724,32 (veja simulação abaixo). Ao passo que os mesmos R$ 100 que ficaram no fundo atualmente viraram R$ 165.

Fonte: R7, www.r7.com