Petrobras quer encerrar 2010 com produção de 1 bilhão de etanol

Petrobras quer encerrar 2010 com produção de 1 bilhão de etanol

Segundo Rossetto, plano é investir US$ 3,5 bilhões no setor até 2014.

A Petrobras pretende chegar ao final do ano com uma produção de 1 bilhão de litros de álcool, o que a colocaria como a terceira maior produtora nacional, segundo o presidente da Petrobras Biocombustíveis, Miguel Rossetto.

De acordo com ele, a companhia segue no caminho para atingir até 2014 a produção de 2,6 bilhões de litros de etanol, meta estipulada no plano de negócios. "Estamos bem posicionados no mercado, entre a terceira e a quarta posição. Esta é a nossa expectativa", disse Rossetto.

O executivo informou que a empresa pretende moer 23 milhões de toneladas de cana até o final da safra, volume proporcional à participação que detém em companhias do setor.

Rossetto afirmou que as exportações de etanol ainda são marginais em relação às vendas internas, mas destacou que a empresa está atenta à movimentação no Congresso dos EUA para a abertura do mercado local ao etanol brasileiro.

"Temos um plano já definido até 2014 de investimentos no setor de US$ 3,5 bilhões, sendo US$ 2,5 bilhões na produção. Iniciamos investimento importante em alcoolduto e vamos investir US$ 400 milhões em pesquisa e desenvolvimento ... há uma rota de crescimento na produção na pesquisa e na infraestrutura", disse.

O executivo reiterou que a empresa não mantém negociações com a Odebrecht para adquirir uma participação na ETH.

"Acompanhamos com absurda surpresa estas informações. Não temos nenhuma tratativa com a empresa ETH. Não tem nada, absolutamente nada", concluiu.

No portfólio de investimentos da Petrobras em etanol estão incluídas uma participação na usina Bambuí (MG), em parceria com a petrolífera francesa Total, participação em oito unidades do grupo Tereos e participação em uma usina pronta e outra em projeto do grupo São Martinho.

Fonte: g1, www.g1.com.br