Petrobras: dificuldades para explorar pré-sal

A estatal lembra que já tem uma série de concessões no pré-sal e que será operadora única das áreas licitadas futuramente pelo governo

No prospecto preliminar da capitalização, a Petrobrás reconhece que pode não ter recursos para desenvolver todas as áreas do pré-sal no futuro. A afirmação está incluída na parte referente aos riscos relacionados à oferta de ações. "Consideramos como um dos principais desafios o desenvolvimento de um conjunto de tecnologias e metodologias que nos permita enfrentar com sucesso as dificuldades impostas pelo pré-sal", diz o texto. A estatal lembra que já tem uma série de concessões no pré-sal e que será operadora única das áreas licitadas futuramente pelo governo, com uma participação mínima de 30%, segunda prevê a mudança do marco regulatório em análise no Congresso. Outro risco considerado pela companhia é a possibilidade de contestações judiciais às mudanças na lei e ao processo de cessão onerosa de 5 bilhões de barris do pré-sal.

Fonte: MSN Notícias