Piauí é 6º em  número de cheques devolvidos por falta de fundos

Piauí é 6º em número de cheques devolvidos por falta de fundos

O Estado só perde para Roraima, Acre, Maranhão, Sergipe e Amapá, colocando-se como o terceiro do Nordeste com maior índice de cheques devolvidos

Um levantamento divulgado pelo Serasa Experian no início desta semana mostrou que o Piauí está entre os seis Estados que mais emitiram cheques sem fundos em 2011. O Estado só perde para Roraima, Acre, Maranhão, Sergipe e Amapá, colocando-se como o terceiro do Nordeste com maior índice de cheques devolvidos.

Segundo os dados, os cheques sem fundos emitidos no Piauí representaram 7,01% dos que foram compensados durante os meses de janeiro e dezembro do ano passado. A porcentagem foi superior ao constatado em todo o Brasil, onde apenas 1,95% dos cheques compensados foi devolvido.

Foram mais de 17 milhões de cheques nessa situação. Apesar do uso de cheques ser cada vez menor no Brasil, o que se observa é que o número de cheques sem fundos tem sido crescente no Piauí. Nos últimos cinco anos, o índice de cheques devolvidos elevou 3,24 pontos percentuais, passando de 3,77%, em 2007, para 7,01%, constatado no ano passado.

Entre 2008 e 2009 constatou-se um grande salto de cheques nessa situação. O Piauí passou do 10º lugar no ranking nacional, com 4,8% para o 7º, com 6,02% dos cheques devolvidos.

Fonte: JMN