Piauí bate recorde em exportações em 2008

Em 2004 as vendas chegaram a US$ 73 milhões

Mesmo sem a computa??o dos meses de novembro e dezembro, o Piau? j? bateu o recorde em exporta?es, segundo levantamento feito, o Estado j? vendeu mais de US$ 96 milh?es, tendo a soja e a cera de carna?ba como os produtos mais procurados. Os n?meros representam um aumento de 113% em rela??o ao per?odo de janeiro a outubro do ano passado.

Segundo o diretor de Ind?stria e coordenador do Programa de Exporta??o da Secretaria do Desenvolvimento Econ?mico e Tecnol?gico (Sedet), Dinarte de Carvalho Porto, a meta do governo estabelecida no in?cio do ano era de atingir US$ 120 milh?es em exporta?es no final de 2008, mas ele admite que a crise internacional possa prejudicar o com?rcio com o exterior.

Dinarte Porto acrescenta que o maior volume de exporta?es registradas no Piau? at? agora havia sido em 2004, quando as vendas chegaram a US$ 73 milh?es. ?A crise pode prejudicar um pouco as exporta?es, mas se o Piau? n?o chegar l? ficar? bem pr?ximo da meta estabelecida?.

Dos US$ 96,1 milh?es, US$ 43,4 milh?es vieram da soja e US$ 39,9 da cera de carna?ba, os carros chefes da pauta de exporta?es do Estado. A castanha de caju, com US$ 4,7 milh?es, aparece como o terceiro produto mais vendido para o exterior, seguido de pedras ornamentais, com US$ 4,3 milh?es, mel, com US$ 3,4 milh?es, e couros e peles, com US$ 3,2 milh?es. O Piau? tamb?m exporta produtos como confec?es, pilocarpina e sucos e frutas.

Fonte: CCOM