PI cria mais de 2 mil empregos formais

Esse número equivale à elevação de 1,20% em relação ao estoque de assalariados com carteira assinada

São 2.431 empregos celetistas, já descontados os desligamentos realizados durante o período. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira, 14, pelo Ministério do Trabalho e levantados pelo sistema de Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Esse número equivale à elevação de 1,20% em relação ao estoque de assalariados com carteira assinada do mês anterior. Em termos absolutos, este resultado foi o melhor de toda a série histórica do Caged para o período.

Tal resultado, segundo o Ministério do Trabalho, foi proveniente do desempenho positivo principalmente dos setores da Construção Civil (+773 postos), do Comércio (+594 postos), da Indústria de Transformação (+509 postos) e de Serviços (+435 postos).

Nos últimos 12 meses, o Estado tem o segundo melhor desempenho na geração de emprego formal da região Nordeste: crescimento de 4,61% no nível de emprego ou mais 9.070 postos de trabalho.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br