Piauí fica em sexto lugar no ranking de cheques devolvidos com um índice de 5,83%

Piauí fica em sexto lugar no ranking de cheques devolvidos com um índice de 5,83%

Quando uma pessoa emite um cheque ela está dando uma ordem ao banco para pagar algum valor a alguém

O percentual de cheques devolvidos no Brasil ficou menor nesse primeiro semestre de 2010, de acordo com informações divulgadas nessa terça feira, 20 de julho, pelo Serasa Experian. Entre janeiro e junho foram devolvidos 1,87% dos cheques emitidos em todo o país. De janeiro a junho, o Amapá foi o Estado com o maior percentual de cheques devolvidos (11,31%). São Paulo, por sua vez, foi o Estado de menor percentual (1,43%).

O Piauí ficou em sexto lugar em comparação com os demais Estados da federação e registrou o índice de 5,83% de cheques devolvidos, ficando acima da média nacional. Luís Carvalho, gerente de Segmentos do Banco do Brasil, explica que o cheque é uma ordem de pagamento à vista e que, em determinadas vezes, é usado de má-fé por algumas pessoas. ?Quando uma pessoa emite um cheque ela está dando uma ordem ao banco para pagar algum valor a alguém.

Normalmente ele vem, aquele valor é descontado na conta do cliente e pago para a pessoa que recebeu o cheque?, explica.

Nos casos em que não existe saldo na conta do cliente, o banco estuda as opções de crédito que pode conceder a ele e quando não há opções o cheque é carimbado e devolvido a sua agência de origem, que comunica ao cliente a falta de pagamento e disponibilizado para resgate.

Com o uso dos cartões de crédito e débito, o uso dos cheques vem diminuindo de forma gradativa nas transações financeiras. Em alguns países na Europa, a exemplo da Suécia, já existe data marcada para a extinção do uso dessa forma de pagamento ? os cheques deixarão de circular no país em 2015 ? justamente por conta da popularização dos meios mais seguros. Para Luís Carvalho, o Brasil também deve acompanhar essa tendência.

?Essa possibilidade do cheque não ter saldo desfavorece o seu uso e por conta do aumento das transações automáticas, via celular, via débito em conta, o pagamento e transferência de valores via cartão de crédito faz com que os cheques sejam cada dia menos usados?, finaliza.(M.R.)

Fonte: Mar­ci­la­ny Rod­ri­gues