Piauí participa do projeto Caminhos do Sabor

Piauí participa do projeto Caminhos do Sabor

A iniciativa é uma parceria entre o Ministério do Turismo e a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel)

O Piauí, além dos seus pontos turísticos, também se destaca pela sua rica gastronomia. E por conta desse diferencial o Estado foi escolhido para integrar o projeto Caminhos do Sabor - A União Faz o Destino. A iniciativa é uma parceria entre o Ministério do Turismo e a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e aposta no aprimoramento da gestão empresarial e na qualificação dos profissionais do setor de alimentação como forma de atrativo turístico.

De acordo com o presidente da Abrasel no Piauí, Jorge Holanda, além da qualificação empresarial, o projeto trabalha o envolvimento do setor público, dos empresários e da sociedade para dar mais competitividade aos destinos turísticos e os pratos típicos regionais. ?O Piauí teve três municípios agraciados com o projeto, que foram Parnaíba, Teresina e São Raimundo Nonato. Em Teresina estão sendo capacitados 66 bares e restaurantes, envolvendo um total de 198 pessoas?, pontua.

O projeto Caminhos do Sabor é desenvolvido em cinco etapas: envolvimento das lideranças locais, pesquisa de oferta e demanda; plano de ação do destino; lançamento oficial e desenvolvimento empresarial.



Na capital o projeto começou em junho de 2009 e já está na sua fase final, que envolve a parte correspondente aos cursos de qualificação. O presidente da Abrasel destaca ainda a importância de ter tido a Faculdade FAP, como parceira neste momento de finalização do projeto em Teresina. ?Além de ceder o seu espaço com salas climatizadas e equipamentos necessários para a realização das aulas, a parceria com a FAP, através dos contatos com os alunos do curso de Turismo, foi de fundamental importância. Houve a troca de experiências, feedback e foi primordial para os empresários e pessoas envolvidas no setor da gastronomia que houvesse essa troca e pluralidade?, pontua Jorge Holanda.

Fonte: Mar­ci­la­ny Rod­ri­gues