Piauí tem segundo maior aumento do salário do Brasil

Piauí tem segundo maior aumento do salário do Brasil

Entre 2003 e 2010 o salário médio de admissão cresceu de R$ 303, 14 para R$ 659, 25.

O Piauí foi o segundo Estado no país que mais avançou em relação ao valor do salário médio de admissão nos últimos sete anos, segundo dados do Caged divulgados ontem (24). De 2003 até 2010, a média salarial de quem é admitido no Estado subiu 46%.

O salário médio de admissão é referente ao valor a ser pago ao trabalhador no momento que ele ingressa no trabalho. De acordo com a Assessoria de Comunicação do Ministério do Trabalho em Emprego (MTE), entra na conta toda nova admissão, não sendo específica do primeiro emprego ou de emprego de jovens.

Entre 2003 e 2010 o salário médio de admissão cresceu de R$ 303, 14 para R$ 659, 25. De 2009 para 2010 o índice de crescimento foi de 6, 82%, também um dos maiores do país. Mas o Piauí detém o quarto menor salário de admissão do Nordeste, ficando à frente do Rio Grande do Norte, Paraíba e Alagoas.

Para o economista Kerle Dantas, as informações mostram clara ascensão do Piauí nos últimos anos. ?Mas em vez de crescer sobre os outros estados, o Piauí está se equiparando à média do Nordeste e nacional. De qualquer forma é um bom sinal de economia em crescimento em relação aos demais. Outros indicadores, como percentual de crescimento do PIB, indicam a mesma coisa?, citou.

Em relação ao Brasil, os salários médios de admissão revelaram um aumento real de 4, 78% em 2010 na comparação com 2009. O salário passou de R$ 795, 81 naquele ano para R$ 833, 86 no ano passado.

Fonte: Mateus Noronha, Jornal Meio Norte