Plano quintuplica valor investido na safra 2002/2003

Pronaf Mais Alimentos é a mais nova linha de crédito de investimento da Agricultura Familiar

Frente ? preocupa??o mundial com alimentos o Governo Federal atrav?s do Minist?rio do Desenvolvimento Agr?rio (MDA) lan?ou o Plano Safra Mais Alimentos da Agricultura Familiar 2008/2009, uma nova classifica??o do Pronaf que substitui a antiga que era subdivida em Pronaf A, B e C. Trata-se de uma vers?o aperfei?oada do que vinha sendo trabalhado na agricultura familiar que amplia os limites de financiamento e reduz as taxas de juros.

Pronaf Mais Alimentos ? a mais nova linha de cr?dito de investimento da Agricultura Familiar. Essa linha vai investir em 2008/2009 um valor cinco vezes superior ao da safra 2002/2003. Ele amplia os limites de financiamento e reduz as taxas de juros para o agricultor familiar, por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Fam?lia.

Entre as vantagens do programa est?o a amplia??o do limite de financiamento que subiu de 20 para 30 mil. As taxas de juros das opera?es de custeio sofreram uma varia??o de 3% a 5,5% para 1,5% e 5,5%. Com a nova modalidade os grupos C, D e E do cr?dito rural foram agrupados em uma ?nica categoria chamada de ?Agricultura Familiar?.

O Pronaf tem crescido ano a ano e hoje o grande d?bito est? centrado no Pronaf B. ?Antigamente era R$ 500 depois houve um aumento para R$ 1.000 e agora para R$ 1.500. Ent?o h? uma perspectiva de ser o foco maior da medida provis?ria nessa negocia??o?, explica Dias.

Os cr?ditos para o Pronaf podem ser concedidos de forma individual ou coletiva. O programa ap?ia atividades agropecu?rias e n?o agropecu?rias desenvolvidas por agricultores familiares, assentados da reforma agr?ria, quilombolas, pescadores artesanais, aq?icultores, extrativistas, silvicultores, ribeirinhos e ind?genas.

Fonte: CCOM