População comprou média de 68 smartphones por minuto em 2013

População comprou média de 68 smartphones por minuto em 2013

Em termos de mercado mundial, o cenário continua positivo para os smartphones.

Em 2013, foram vendidos 67,8 milhões de celulares no País: 35,6 milhões de smartphones e 32,2 milhões de aparelhos tradicionais. Com crescimento de 123% em relação a 2012, foi a primeira vez que o mercado de smartphones liderou as vendas de celulares no Brasil.

Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (2) pela IDC (International Data Corporation), companhia de mídia e pesquisa tecnológica que consolida os dados do mercado brasileiro de celulares.

Segundo a IDC, o mercado de smartphones assumiu a liderança ao saltar de 16,1 milhões de unidades vendidas, em 2012, para os 35,6 milhões no ano passado.

Já no mercado de feature phones (celulares tradicionais), a queda foi de 26%: as vendas caíram de 43,4 milhões de unidades, em 2012, para 32,2 milhões.

?Sob muitos aspectos, 2013 foi, de fato, o ano do smartphone no Brasil?, afirma Leonardo Munin, analista de mercado da IDC Brasil.

? Para se ter ideia, no ano passado, a cada minuto foram vendidos cerca de 68 smartphones. Para 2015, nossa expectativa é que esse número suba para mais de 100 smartphones por minuto.

Segundo Munin, o crescimento em vendas de smartphones deve-se a vários fatores. Entre eles, a inserção dessa categoria na Lei do Bem, a redução do ticket médio do aparelho, a ampliação do número de modelos por parte dos fabricantes, a aceitação deste dispositivo pelos canais de venda, que desenvolveram estratégias que destacam o telefone inteligente, e, consequentemente, a maior procura por parte da população por este tipo de aparelho.

Futuro

Para o futuro, o analista da IDC Brasil acredita que as tendências que deverão agitar o mercado de smartphones no país são os dispositivos de tela grande e, principalmente, os aparelhos de baixo custo (produto de entrada), setor em que a competitividade entre os fabricantes tem sido cada vez maior e os preços cada vez menores.

? A tão comentada conectividade 4G, apesar de já estar presente em quase 10% dos dispositivos vendidos em 2013, não tem seu serviço ativado na operadora. [Isso] mostra que ainda não é um direcionador de compra para estes dispositivos.

Em termos de mercado mundial, o cenário continua positivo para os smartphones.

De acordo com os dados da IDC, o Brasil terminou 2013 como o quarto maior consumidor de smartphones, ficando atrás apenas de China, Estados Unidos e Índia, respectivamente.

?Países emergentes já concentram o maior volume de vendas destes dispositivos. Também são esses países que apontam para as maiores taxas de crescimento no futuro?, acrescenta Munin.

Fonte: r7