Poupança tem 1º saldo negativo em janeiro desde 2009, revela BC

Em todo ano passado, a caderneta de poupança registrou ingresso líquido (acima do valor das retiradas) de R$ 14,18 bilhões.

As retiradas de recursos da caderneta de poupança superaram os depósitos em R$ 2,8 milhões em janeiro deste ano, informou nesta segunda-feira (6) o Banco Central.



Com isso, a caderneta de poupança registrou o primeiro saldo negativo para meses de janeiro desde 2009 (-R$ 486 milhões). Em todo ano passado, a caderneta de poupança registrou ingresso líquido (acima do valor das retiradas) de R$ 14,18 bilhões - o menor valor em cinco anos.

Dados do próprio Banco Central revelam que a retirada de recursos da caderneta de poupança acontece em um momento de elevação da taxa de inadimplência. Em dezembro do ano passado (último dado disponível), por exemplo, a inadimplência registrou o patamar mais elevado desde janeiro de 2010.

Em janeiro, ainda de acordo com o Banco Central, os depósitos de recursos na caderneta de poupança somaram R$ 99,255 bilhões. Já as retiradas de recursos totalizaram R$ 99,258 bilhões no primeiro mês deste ano.

Os rendimentos creditados nas contas dos poupadores, por sua vez, totalizaram R$ 2,39 bilhões em janeiro. No fim do mês passado, o volume total de recursos depositado na caderneta de poupança, por sua vez, somava R$ 422 bilhões, contra R$ 420 bilhões em dezembro do ano passado.

Fonte: G1