Poupança tem segunda maior captação do ano

No acumulado do ano, depósitos superam os saques em R$ 12,2 bi

A caderneta de poupança fechou agosto com uma captação positiva de R$ 3,1 bilhões. Este resultado é a diferença entre depósitos de R$ 83,7 bilhões e saques de R$ 80,6 bilhões realizados nos 21 dias úteis do mês passado.

Os números de depósitos foram superiores aos saques pelo quarto mês consecutivo, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (4) pelo Banco Central. No acumulado do ano, os depósitos já superam os saques em R$ 12,2 bilhões.

Mesmo tendo o segundo melhor resultado de 2009, a captação de agosto ficou abaixo da registrada em julho, com R$ 6,7 bilhões, que teve dois dias úteis a menos, entre outros fatores. No mesmo período do ano passado, a captação estava positiva em R$ 8,5 bilhões e a marca de R$ 12 bilhões só foi alcançada em novembro.

No começo do ano, a poupança registrou saída de recursos. Até abril, o resultado acumulado estava negativo em R$ 1,5 bilhão. A partir de maio, a caderneta iniciou uma recuperação e até agosto, o resultado ficou positivo em R$ 13,7 bilhões. No final de 2008, o total de recursos depositados era de R$ 270,5 bilhões.

Em agosto deste ano, chegou a R$ 294,9 bilhões. Esta diferença se deve não somente à captação positiva deste período, mas também à rentabilidade do dinheiro que já está aplicado, que gerou mais R$ 12,3 bilhões.

Fonte: g1, www.g1.com.br