Preço da cerveja deve sofrer reajuste

A princípio Teresina deve permanecer com os mesmos preços do mercado

04/08/2012 - 08:55

Quem não abre mão daquela cervejinha no final de semana, já pode começar a pensar em colocar um pouco mais a mão no bolso. Isso porque, uma fábrica de cervejas a nível nacional prevê um aumento de 4,5% sobre o valor do líquido por impostos e 9% para os segmentos não alcoólicos a serem repassados diretamente para o consumidor.

Apesar de já coexistirem esses valores, a princípio Teresina deve permanecer com os mesmos preços do mercado. "Não é de hoje que algumas companhias já vem inserindo neste comércio estas novas taxas, pois essas empresas querem sempre negociar seus lucros e não ficar a margem de prejuízos maiores.

No entanto, estes valores ainda não devem atingir os bares e restaurantes da capital", diz Jorge Holanda, presidente da Associação de Bares e Restaurantes na capital.

As cervejas Long Neck ainda devem ser encontradas em todos os estabelecimentos entre os valores de R$2,50 a R $7,00, já as cervejas em tamanho normal também continuam a ser comercializadas nos valores de R$3,00 até R$8,00.

De acordo com Jorge Holanda o reajuste sobre esses valores deve ser repassado gradativamente para os consumidores. "Geralmente esses valores são tão gradativos, que muitas pessoas nem percebem os reajustes", explica.

Também de modo gradativo, o último reajuste chegou a pesar no bolso dos consumidores no final do ano passado. Ainda conforme o presidente da associação, este foi o último levantamento registrado por todos os estabelecimentos que comercializam o produto na capital.

FONTE: Thauana Cavalcante

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ver mais+

DEIXE SEU COMENTÁRIO

voltar para o topo