Preço da cerveja e do chope é o que mais subiu neste carnaval, diz FGV

Alta média desses itens consumidos fora de casa foi de 12,99%. Aumento médio dos produtos consumidos no carnaval foi de 7,46%.

O preço da cerveja e do chope foi o que mais subiu entre os produtos e serviços consumidos no carnaval entre 2012 e este ano, aponta levantamento divulgado nesta terça-feira (5) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

De acordo com a FGV, entre fevereiro de 2012 e janeiro de 2013, a alta média nos itens consumidos no Carnaval foi de 7,46%. O valor médio da cerveja e do chope consumido fora de casa, contudo, subiu 12,99% no mesmo período.

O cafezinho registrou a segunda maior alta, de 12,13%, seguido de doces e salgados, com alta de 10,98%.

Sorvetes e refrigerante e água consumidos fora de casa completam a lista dos cinco tópicos com as maiores variações positivas, com aumentos de 9,27% e 8,67%, respectivamente.

Com relação às bebidas, inclusive, a pesquisa destaca que seja qual for a opção do folião, a alta é superior à inflação acumulada pelo IPC-S entre fevereiro de 2012 e janeiro de 2013, que foi de 5,95%.

?Mesmo para aqueles que pretendem levar a cerveja de casa, por exemplo, este ano não vai ser igual aquele que passou. Embora mais barata que nos bares, a cerveja comprada nos supermercados estão 15,20% mais caras que no carnaval de 2012?, destaca a nota da FGV.

Alguns produtos, contudo, subiram menos do que a inflação. É o caso do preservativo e lubrificante, com alta de 5,01%, a tarifa de táxi (3,52%) e protetores para pele (1,18%).

O economista André Braz, responsável pelo levantamento, sugere que, para economizar, o ideal é fazer as principais refeições em casa, abusar do lazer ao ar livre (blocos de carnaval e praias) e sempre que possível comprar previamente os ingressos dos bailes.

Fonte: G1