Preço médio das passagens aéreas para cidades-sede da Copa cai 25%

Anúncio dos jogos da primeira fase e a autorização de novos voos influenciou na queda

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) registrou queda de 25% no preço médio de passagens aéreas para as cidades-sede da Copa do Mundo no período dos jogos.

Em nota, a agência informou que tem monitorado as ofertas de passagens para o período do torneio ? 12 de junho a 13 de julho ? e observou que o preço médio passou de R$ 481,43 em outubro de 2013 para R$ 361,33 em janeiro deste ano. Apesar de verificar certa alta em novembro (R$ 491,33), a média de valores cobrados caiu em dezembro e chegou a um patamar ainda mais baixo no primeiro mês deste ano.

Segundo a Anac, entre os fatores que contribuíram para a redução no preço das tarifas, estão o anúncio dos jogos da primeira fase da Copa ? feito apenas no início de dezembro ? e a autorização de novos voos feita pela própria agência, em janeiro. Até o momento, está em 10% a taxa de ocupação dos voos que tem cidades-sede do Mundial como origem ou destino. As cidades de Natal e Fortaleza são as mais procuradas até o momento, porém, ainda existem muitos assentos vagos nos voos previstos para o período.

A autarquia ressalta, no entanto, que o preço médio das passagens pode ?subir um pouco? em virtude de parte da Copa ocorrer em período de alta temporada e também com a proximidade do torneio, uma vez que os bilhetes mais baratos são vendidos primeiro. A Anac informou ainda que continuará observando os preços cobrados por empresas aéreas e, caso haja abuso nos valores anunciados, o caso será levado ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e à Secretaria de Acompanhamento Econômico, do Ministério da Fazenda, para as providências.

Fonte: r7