Preços nos supermercados aumentam até R$ 13 em Teresina, afirma auditoria

Preços nos supermercados aumentam até R$ 13 em Teresina, afirma auditoria

A soma dos produtos realizada ontem (30) e comparada aos valores encontrados no início da semana mostrou que variação foi pequena, sem mudanças no ranking

Na auditoria realizada na última quinta-feira (30) nos supermercados de Teresina, percebeu-se que os quatro estabelecimentos aumentaram os seus totais em comparação com o início da semana. O aumento chegou a mais de R$ 13, enquanto a menor diferença ficou de apenas R$ 3.

O Extra permanece na primeira posição com um total de R$ 186,84 e variação percentual no valor de 2,85%, o que representa R$ 5,17 a mais do que a soma dos mesmos itens pesquisados no início da semana. O Hiper Bom Preço também continua em segundo com uma soma de R$ 189,35 e um aumento de R$ 3,04 na cesta, o que leva a menor variação percentual no valor de 1,63%.

Já o terceiro lugar permanece ocupado pelo Comercial Carvalho. O total encontrado foi de R$ 192,50. Em relação à variação percentual, o estabelecimento fecha esta auditoria com o índice de 1,85%, o que significa R$ 3,50 a mais na soma dos itens checados.

Por fim, o Pão de Açúcar se mantém em último lugar. Nesta auditoria ele alcançou um total de R$ 214,53 e R$13,08 a mais que o valor encontrado no começo da semana, resultando na maior variação percentual (6,49%). A diferença entre o primeiro e último lugar ficou no valor de R$ 27,69.

ATACADOS - Enquanto os preços nos supermercados subiram durante a semana, os atacados reduziram valores, embora a maior variação tenha sido de apenas R$ 1,68. Coincidindo com os resultados apresentados na pesquisa no início da semana, o Makro continua sendo a opção menos vantajosa para o cliente, com a soma de R$ 65,82, contudo a checagem aponta para uma rápida aproximação em relação aos concorrentes.

O atacadista reduziu os preços e apresentou variação percentual de -1,23%, o que representa menos R$ 0,82 na soma final. Essa diminuição na totalização fez com que o Makro diminuísse a distância para o primeiro colocado, Atacadão, apontando para uma diferença de R$ 4,39.

Na ponta da tabela, Atacadão e Carvalho Mercadão mantêm a briga pelo posto de atacadista mais barato para o consumidor, sendo que a diferença entre eles é de R$ 1,56. Ambos reduziram os preços, o primeiro apresentou variação de -0,02% (R$ 0,01), enquanto o segundo apresentou uma queda de -0,27% (R$ 0,17); atingindo soma total de R$ 61,43 e R$ 62,99 respectivamente.

Seguindo a tendência dos outros estabelecimentos, o Maxxi também diminuiu os preços, a variação foi de -2,54%, o que representa R$ 1,68 a menos na totalização dos 22 itens que entraram na contagem.






Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

 

Fonte: Flávia Araújo e Francy Teixeira