THE: Preços permanecem estáveis na checagem de preços da pesquisa do JMN

THE: Preços permanecem estáveis na checagem de preços da pesquisa do JMN

A checagem dos itens realizada pelo Jornal Meio Norte constatou uma semelhança nos preços da pesquisa do início da semana

A checagem de preços em dias alternados já é uma prática nova a ser incorporada à pesquisa durante todas as semanas, já que, como missão, o Jornal Meio Norte preza pelo interesse de servir aos leitores e ajudar com que as famílias tenham ferramentas eficazes para garantir a economia e a terem uma melhor cultura em relação às compras que realizam.

Todas as semanas, como o consumidor já se acostumou a ter sempre às quartas-feiras a pesquisa de preços realizada nos supermercados e atacadões.

Agora, também já se convencionou a repetir a pesquisa de preços para alguns itens a fim de registrar se houve aumento nesses dias subsequentes em relação aos preços trabalhados durante os dias da realização da pesquisa habitual. A nova checagem calcula o índice de aumento para cada estabelecimento pesquisado.

Nesta semana todos os supermercados avaliados registraram uma manutenção nos preços. Sendo que o Hiper Bompreço, por ter aumentado o leite, teve o maior percentual de aumento, contudo pouco significativo dentro do contexto total de apenas 0,14%. Ficando ainda em terceiro lugar em economia para o total de itens pesquisados de R$ 138,57.

O supermercado Carvalho, que ficou em segundo lugar em economia, com total para a cesta de R$ 136,44, obteve um índice de variação nulo, seguido do Pão de Açúcar, que ocupou a quarta colocação como o que apresentou total mais caro, R$ 142,93.

Em seguida, ocupando o primeiro lugar entre o total de itens mais baratos, ficou o Extra (R$ 121,50) e ainda com um percentual de variação em queda de -1,34%.

Atacadões mantêm primeira e última colocação em checagem

Na auditoria realizada nos quatro maiores atacadões foi constatado que o supermercado Makro continua na liderança com os melhores preços. No começo da semana, o Makro alcançou a melhor colocação na briga pelos melhores preços.

Nos 14 itens pesquisados na auditoria, notou-se que o supermercado continua como uma ótima opção para os clientes, com um aumento de apenas 1,42%.

Em segundo lugar, o Maxxi teve um aumento de 1,79% em relação à pesquisa realizada no início da semana. O Maxxi não alterou o valor de oito produtos, mas elevou o de itens como sabonete, desinfetante, farinha de trigo, sal e água mineral. Com uma variação de 1,10%, o Atacadão Carrefour leva a terceira colocação esta semana.

Assim como na pesquisa anterior, o Carvalho continua na última colocação na corrida pelo melhor preço. O supermercado aparece com a maior alta de preços: 3,28%.

Na auditoria realizada na manhã de ontem, foi constatado que o atacadista elevou o preço de apenas três produtos, responsável por não deixá-lo alcançar uma boa colocação.











Fonte: MARCILANY RODRIGUES E GISELE ALVES