Previsão para safra de 2014 tem alta, revela Instituto Brasileiro de Geografia

Instituto estima safra de 182,5 milhões de toneladas este ano

A previsão para a safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas teve leve alta em junho. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia, a produção nacional este ano deve ficar em 192,5 milhões de toneladas ? uma alta de 2,3% em comparação com a safra de 2013. A estimativa é 0,1% maior que a prevista em maio, de 192,4 milhões de toneladas.

O IBGE também elevou para 56,3 milhões de hectares a estimativa de área a ser colhida ? 6,6% superior à de 2013 e 0,2% maior que a estimativa de maio.

O arroz, o milho e a soja representam 91% da estimativa da produção e respondem por 85,1% da área a ser colhida. Em relação ao ano anterior, houve acréscimos na área de 0,3% para o arroz, 8,6% para a soja e estabilidade na área a ser colhida com o milho. No que se refere à produção, os acréscimos foram de 4,3% para o arroz e de 6,0% para a soja. Para o milho, houve diminuição de 5,3% quando comparado a 2013.

Por regiões

Regionalmente, o Centro-Oeste deve ser responsável pela maior fatia da produção nacional em 2014, com 80,1 milhões de toneladas. No Sul, a produção deve ficar em 72,7 milhões de toneladas, enquanto no Sudeste a estimativa é de 17,2 milhões de toneladas. Nordeste e Norte devem produzir, respectivamente, 17,4 e 5,1 milhões de toneladas na safra deste ano.

A maior alta em relação a 2013, no entanto, deve ser verificada na região Nordeste, de 45,6%, seguida por altas de 3,7% no Norte e de 2,1% no Centro-Oeste. Sul e Sudeste devem ver suas produções encolherem 0,5% e 13%, respectivamente, frente ao ano passado.

Fonte: G1