Procura de presentes por causa do Dia da Criança já é grande no comércio de THE

Procura de presentes por causa do Dia da Criança já é grande no comércio de THE

A data já movimenta o centro comercial de Teresina e atrai consumidores

O mês de outubro está prestes a chegar e com ele mais uma data para aquecer o mercado teresinense. O Dia das Crianças, 12 de outubro, já é aguardado pelos comerciantes da capital e pelos próprios consumidores, que veem nesta data a oportunidade de dar aquele presente especial aos filhos e outras crianças. Além disso, os clientes estão programando as compras para mais cedo, a fim de evitarem os grandes tumultos, tão comuns nessas datas comemorativas.

De acordo com Renê Cláudio, gerente de uma loja de brinquedo da capital, a procura já está intensificada e por isso, neste ano, a loja antecipou a compra de muito material para ter um estoque variado. ?Muitas pessoas vêm comprar para presentear e para doar também. Por isso, nossas expectativas são boas, já que as vendas chegam a aumentar em 30%. Com isso, já estamos bem preparados para atender a demanda?, diz. Ele acrescenta que o Dia das crianças é a segunda data que mais aquece o mercado, perdendo apenas para o Natal.

Bolas, carros e bonecas estão entre os brinquedos que mais têm saída, por conta, também, das doações feitas neste período, além de possuírem os preços mais em conta. Enquanto isso, Ângela Maria, gerente de uma loja que vende para o atacado e varejo, acrescenta que os clientes do atacado compram bem antes para abastecerem o estoque por conta do período.

Bem como os clientes do varejo, que gostam de comprar com mais tranquilidade. ?A média das nossas vendas é que aumente pelo menos em 10% em relação ao ano passado. Temos tudo para aumentar. Neste ano, já percebemos que os brinquedos melhores, aqueles mecanizados, e os que são lançados por conta das novelas estão tendo muita saída?, completa Ângela. Os clientes, satisfeitos com a variedade de produtos, também estão animados com os preços e com isso pretendem gastar com mais a data.

?Eu não tenho muito tempo para comprar, estou aproveitando que é fim de semana para vir, porque quanto mais perto da data, mais lotado fica, e mais difícil para escolher. Mas meus sobrinhos merecem todo o esforço, afinal, criança gosta de presente?, explica a autônoma Raimunda dos Santos.

Outra que tirou um tempinho para aproveitar o fim de semana e ir às compras foi a dona de casa, Larissa Araújo.

Escolhendo presentes para os filhos e afilhados, ela informa que esse começo do mês é a melhor época para comprar. ?A variedade é grande e os preços são em conta. Quanto mais perto do dia, mais complicado. Assim, compro cedo, guardo os presentes e no dia fazemos só a festa?, conta aos risos.

Fonte: Virgínia Santos e Flávia Araújo