Procura do consumidor por crédito em 2010 é a maior desde 2007

Procura do consumidor por crédito em 2010 é a maior desde 2007

Consumidores de baixa renda impulsionaram o resultado, aponta Serasa Experian.

A procura do consumidor brasileiro por crédito em 2010 foi a maior desde 2007, quando começou a série elaborada pela empresa de análise de crédito Serasa Experian. O avanço foi de 16,4% na comparação com 2009, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (10). Os consumidores de baixa renda foram os que impulsionaram o resultado, aponta a pesquisa.

De acordo com a pesquisa, a expansão vista no ano passado refletiu as condições favoráveis de crédito às pessoas físicas, o elevado grau de confiança dos consumidores e o bom momento vivido pelo mercado de trabalho.

Com as recentes medidas adotadas pelo Banco Central para conter a inflação e a expectativa de aumentos nas taxas de juros já a partir deste trimestre, o ritmo de crescimento da demanda do consumidor por crédito deve ser menos intenso neste ano, avaliam os economistas da Serasa Experian.

Renda pessoal mensal

Os consumidores das camadas inferiores de rendimento mensal foram os que puxaram a alta da procura por crédito em 2010. O avanço foi de 46,3% para aqueles cujo rendimento mensal situa-se abaixo de R$ 500. A diminuição da informalidade no mercado de trabalho em 2010 beneficiou, principalmente, os indivíduos de baixa renda que passaram a dispor de maior acesso ao mercado de crédito.

Todas as demais faixas de rendimento pessoal mensal também apresentaram elevações em suas demandas por crédito em 2010, variando entre 10,6% (entre R$ 1.000 e R$ 2.000 por mês) e 27,9% (entre R$ 5.000 e R$ 10.000 por mês).

Região

O crescimento na procura por crédito cresceu em todas as regiões do país no ano passado, com destaque para o Nordeste (17,7%) e o Sudeste (17,4%).

Nas outras regiões, o avanço acumulado no ano variou entre 13,5% (Norte) e 15,2% (Centro-Oeste).

Fonte: R7, www.r7.com