Procura por consórcio de carros sobe 32,5%

Ao todo foram 260,2 mil cotas de janeiro a junho deste ano, aponta Abac.

A venda de cotas de consórcio para a compra de automóveis e comerciais leves (picapes e utilitários esportivos) subiu 32,5% no primeiro semestre do ano em relação ao registrado em 2009 no mesmo período. O balanço foi divulgado nesta terça-feira (10) pela Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac).

De acordo com o levantamento da entidade, as novas cotas somaram 260,2 mil, contra 196,4 mil no ano passado. O número de participantes dos consórcios dessa categoria passou de 889,3 milhões em junho de 2009 para 1,02 milhão no mesmo mês deste ano. O aumento é de 14,7%.

O número de consorciados que tiveram a oportunidade de comprar bens subiu de 97 mil, no primeiro semestre do ano passado, para 103,8 mil de janeiro a junho deste ano: crescimento de 7%.

O valor médio da cota registrou forte alta, de 43,4%. Ele subiu de R$ 27.681, em junho do ano passado, para R$ 39.705, em junho de 2010.

Considerando todos os veículos e motos, a venda de novas cotas cresceu 10,8% no semestre, para 858,7 mil. Os participantes passaram de 3 milhões para 3,2 milhões, expansão de 6,6%. Somente as cotas de motos foram para 578,3 mil, alta de 3,4%.

?Diversos fatores contribuíram para esse crescimento como a inexistência de juros, a maior presença das classes C e D, o planejamento do consumidor, seu questionamento sobre a necessidade imediata ou não da aquisição do bem?, explicou, em nota, o presidente da Abac, Paulo Roberto Rossi.

Fonte: g1, www.g1.com.br