Produção agrícola obteve aumento de 109% no Piauí

O sétimo levantamento feito pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) apontou aumento em área

O sétimo levantamento feito pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) apontou aumento em área, produtividade e produção neste ano em relação a 2013.

Segundo a Conab, de área plantada, o Piauí passou de 1,264 milhão hectares da sa-fra de 2013 para 1,377 milhão de hectares na safra 2014, uma variação de 8,9%.

A produtividade em quilos por hectare subiu de 1,266 mil para 2,43 mil na safra atual, uma variação de 92,3%.

A produção de grãos teve um crescimento de 109%, com um aumento de 1,601 milhão de toneladas em 2013 para 3,353 milhões de toneladas.

O Piauí continua entre os destaques na produção de grãos no Brasil e o levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento revisou para cima as estimativas da safra de grãos 2013/2014.

Os dados são do sétimo levantamento da Companhia. A revisão da estimativa deve-se, sobretudo, ao aumento nas projeções para as colheitas de soja e milho. Essas novidades aqueceram o comércio e melhoraram a expectativa dos produtores na região dos cerrados.

No Brasil, segundo a estimativa da Conab a safra pode chegar a 190,6 milhões de toneladas, a projeção anterior apontava para uma produção de 188,7 milhões de toneladas. O número representa um crescimento de 1,1% em relação a produção anterior.

?Houve aumento em relação ao último levantamento de cerca de 1,9 milhão de toneladas, graças à recuperação das lavouras de soja e do milho 2ª safra que tiveram dados positivos, com menos influência das intempéries climáticas ocorridas nas regiões produtoras?, comunicou em nota a Conab.

As condições agrometeorológicas e espectrais na região do Matopiba (sul do Maranhão, leste do Tocantins, sul do Piauí e oeste da Bahia) são consideradas boas e favoráveis às culturas que se encontravam em frutificação.

Em nível de Nordeste, o Piauí e a Bahia são destaques na produção de feijão. A safra brasileira está estimada em 1,17 milhões de hectares, o que configura um crescimento de 4,4% em relação à safra passada.

Fonte: Efrem Ribeiro