Produção de carvão da Vale bate recorde no trimestre

Produção de minério de manganês somou 472 mil toneladas

A produção de carvão da Vale no terceiro trimestre de 2010 somou 1,9 milhão de toneladas, um novo recorde. O volume é ligeiramente maior que o registrado no segundo trimestre (1,859 milhão de toneladas) e 9,9% superior ao de igual período do ano passado.

Segundo comunicado divulgado nesta segunda-feira (18) pela mineradora, do total produzido entre julho e setembro, 814 mil toneladas foram de carvão metalúrgico, o que representa uma alta de 7,9% ante o segundo trimestre e uma queda de 3,6% ante igual período do ano passado. Foram produzidas outras 1,1 milhão de toneladas de carvão térmico, uma queda de 4,2% ante o segundo trimestre e uma alta de 23,3% frente o terceiro trimestre de 2009.

No acumulado dos primeiros nove meses de 2010, foram produzidos 5,1 milhões de toneladas de carvão, um volume 24% superior ao de igual período do ano passado. Segundo a Vale, a produção de carvão metalúrgico e térmico da Integra Coal na Austrália totalizou 296 mil toneladas e 114 mil toneladas, respectivamente, entre julho e setembro, com expansão de 21% e 74,3% ante o trimestre anterior, apesar do clima chuvoso, incomum na estação de inverno na Austrália.

A produção em Carborough Downs (CD), na Austrália, atingiu 289 mil toneladas no terceiro trimestre de 2010, com expansão de 4,2% ante o trimestre anterior. A mina de carvão térmico de El Hatillo - unidade a céu aberto na Colômbia - produziu 830 mil toneladas entre julho e setembro, com evolução de 2,6% ante o trimestre anterior e 163,7% ante o mesmo período de 2009.

Manganês

A produção da Vale de minério de manganês somou 472 mil toneladas no terceiro trimestre de 2010, com pequeno recuo ante o trimestre anterior, quando foram produzidas 494 mil toneladas. Segundo a empresa, a redução se deve à parada para manutenção da usina de mina do Azul - a maior mina de manganês da Vale.

"Por outro lado, a produção de Urucum aumentou em 13,7%, devido à adoção de turno adicional de produção", informou. A produção trimestral de ferro ligas somou 55 mil toneladas de ligas de ferro silício manganês, 52 mil toneladas de ligas de alto teor de carbono manganês e 5 mil toneladas de ligas de manganês de médio carbono.

Fonte: g1, www.g1.com.br