"Queda da inflação é uma maravilha", diz Dilma Rousseff sobre dados IPCA

Na véspera, Dilma havia dito em entrevista a rádios de Minas Gerais que o compromisso de seu governo com o combate à inflação

A presidente Dilma Rousseff comemorou a queda da inflação, que deu uma trégua temporária em julho, puxada basicamente pelos preços de alimentos e transportes. "A queda da inflação é uma maravilha", afirmou a presidente, indagada por jornalistas, logo após cerimônia para promoção de novos generais.

Na véspera, Dilma havia dito em entrevista a rádios de Minas Gerais que o compromisso de seu governo com o combate à inflação e com a estabilidade econômica se mostram "na prática".

Dilma se esquivou quando questionada a respeito do possível adiamento do leilão para concessão do trem de alta velocidade (TAV), a princípio marcado para este mês. "A cesta básica é mais importante", esquivou-se.

Segundo registro do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado ontem, a inflação avançou 0,02% em julho, a menor variação em três anos (desde julho de 2010). A inflação acumulada dos últimos 12 meses está em 6,27%, que apesar de ser considerada alta, está abaixo do teto da meta, de 6,5%.

Fonte: Terra