Receita apreende carga de 260 toneladas de produtos falsos

Receita apreende carga de 260 toneladas de produtos falsos

Segundo Receita, mercadoria seria distribuída em todo o território nacional

A Receita Federal da Alfândega do Porto de Itajaí informou nesta quinta-feira (22) que fez a retenção de cerca de 260 toneladas de produtos falsificados que estavam em 13 contêineres no Porto de Navegantes, Santa Catarina. A carga supera R$ 50 milhões.

De acordo com a Receita Federal em SC, um levantamento realizado junto a outras unidades da Receita Federal mostra que se trata da maior apreensão de produtos falsificados em número de contêineres em uma única operação do órgão.

Ainda segundo a Receita, os produtos, dentre eles, relógios, camisas, bermudas, tênis, óculos, ternos e bolsas vieram da China e seriam distribuídos em todo o território nacional.

A investigação da chamada Operação Barba Negra, desencadeada pela alfândega em Itajaí, que bloqueou as cargas para verificação e descobriu a falsa declaração de conteúdo de diversas marcas conhecidas. Apenas parte da carga de óculos alcança o valor de R$ 4 milhões, informou a Receita.

As empresas importadoras são das cidades do estado de São Paulo. Os nomes não foram divulgados. A Receita Federal informou que investiga possível relação entre elas. O nome da operação faz referência a Barba Negra, um dos mais notórios piratas e que se tornou uma figura lendária.

As mercadorias falsificadas devem ser encaminhadas para destruição.

Fonte: G1