Recorde: Quase 470 milhões de livros foram vendidos em 2011

Recorde: Quase 470 milhões de livros foram vendidos em 2011

Cresceram também as vendas nas livrarias, que vinham perdendo espaço nos últimos anos

As editoras brasileiras alcançaram um novo recorde de vendas para o setor. Comercializaram aproximadamente 469,5 milhões de livros em 2011, representando um faturamento de R$ 4,837 bilhões. O crescimento de 7,36% sobre o ano anterior, se descontada a inflação de 6,5% pelo IPCA do período, corresponde a um aumento real de 0,81%. Em relação as vendas, o número é 7,2% superior ao registrado em 2010, quando cerca de 438 milhões de exemplares foram comercializados.

Esses são algumas dos dados da pesquisa ?Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro?, que levantou os números do mercado, referentes a 2011. A pesquisa é realizada anualmente pela FIPE/USP (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas da Universidade de São Paulo sob encomenda do SNEL (Sindicato Nacional dos Editores de Livros) e da CBL (Câmara Brasileira do Livro).

Chama a atenção também na pesquisa, a retomada no crescimento das vendas nas livrarias, que vinham perdendo espaço nos últimos anos. Se, em 2011, as livrarias correspondiam a 40,51% das vendas, em 2012 elas saltaram para 44,9%.

Fonte: Extra