Comer no trabalho pode custar R$ 269 mil até a aposentadoria

Comer no trabalho pode custar R$ 269 mil até a aposentadoria

Trabalhadores tendem a gastar muito mais no almoço do se levassem a comida pronta

Evitar lanches na rua e levar marmita para o trabalho são atitudes que podem representar uma grande economia no bolso do trabalhador. Os gastos representam R$ 23 por dia e chegam a R$ 269 mil ao longo da vida, segundo o jornal Daily Mail. A publicação, que se baseou nos gastos médios do trabalhador inglês, revela que os trabalhadores gastam mais dinheiro do que percebem em itens como cafés para viagem e sanduíches.

De acordo com o jornal, a hora do almoço é o destaque do dia dos trabalhadores, pois significa um corte na rotina, que costuma ser marcada por monotonia, irritação e o estresse. Por isso, os trabalhadores tendem a gastar muito mais no almoço do se levassem a comida pronta. O gasto diário com a alimentação fora de casa é ainda maior por causa dos cafés, chás e lanches.

Fonte: Extra