Rio de Janeiro e Pernambuco lideram avanço da indústria em março, diz IBGE

Os destaques positivos foram percebidos no Rio de Janeiro (5,1%), em Pernambuco (5,1%)

A regionalização da pesquisa de atividade industrial do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou que houve crescimento do setor em 8 das 14 áreas pesquisadas pela entidade no mês de março, na comparação com fevereiro.

Os destaques positivos foram percebidos no Rio de Janeiro (5,1%), em Pernambuco (5,1%) e Minas Gerais (3,4%). As maiores baixas foram sentidas no Espírito Santo (-4,2%), no Paraná (-2,3%) e em Goiás (-1,1%).

O setor industrial do estado de São Paulo também registrou alta, de 1%, entre fevereiro e março. Pará e Ceará, com ganho de 1,5%, também tiveram ganhos, enquanto Amazonas e Bahia tiveram desempenho estável. Já o Rio Grande do Sul engrossou o lado das perdas, com recuo de 0,9% no período.

ANO PASSADO

No que se refere à comparação com o ano passado, entretanto, os dados são mais negativos. Na comparação de março com o mesmo mês do ano passado, somente o Paraná registrou alta, de 4,1%. No trimestre, todas as 14 regiões pesquisadas tiveram baixa, na comparação com janeiro a março de 2008.

No primeiro trimestre, a perda consolidada foi de 14,7%. Entre as regiões, os resultados mais acentuados foram apurados no Espírito Santo (31,6%), em Minas Gerais (-24,4%), no Amazonas (-19,4%), no Rio Grande do Sul (-16,9%) e em São Paulo (-15,1%).

Fonte: g1, www.g1.com.br