Ronaldo Fenômeno oferece R$ 2 milhões para encerrar processo

Empresa do ex-jogador é acusada de construir praça de alimentação sem licença

Um ano depois de anunciar a aposentadoria dos gramados, o ex-jogador Ronaldo agora enfrenta adversários nos tribunais. A empresa dele, RDNL, está sendo processada no Rio de Janeiro, acusada de construir uma praça de alimentação sem licença municipal. De acordo com a coluna Radar, da revista Veja, o Fenômeno ofereceu R$ 2 milhões para encerrar o processo.


Ronaldo Fenômeno oferece R$ 2 milhões para encerrar processo

A praça de alimentação foi construída em um terreno alugado ao lado de uma universidade. O dono do local ainda não aceitou a proposta, segundo a coluna, porque Ronaldo não deu garantias de quando o pagamento vai começar a ser realizado. A empresa de Ronaldo enfrenta este processo desde 2010.

Atualmente, o ex-atacante se divide entre suas empresas, entre elas a agência 9ine, que gerencia a carreira de feras como Neymar e Anderson Silva. O Fenômeno também participa do COL (Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014) e, às vezes, é visto em praias pelo mundo com a mulher, Bia Anthony.

Fonte: R7, www.r7.com